55ª Expoagro: tecnologia avança, mas falta conectividade no campo

 
Pesquisador Lúcio de Castro, da Embrapa em São Carlos (SP): aplicação de novas tecnologias no campo esbarra na ausência de sinal de internet (Fotos: Divulgação) Pesquisador Lúcio de Castro, da Embrapa em São Carlos (SP): aplicação de novas tecnologias no campo esbarra na ausência de sinal de internet (Fotos: Divulgação)
 
Palestra debateu a tecnologia no campo e as tendências para a chamada agricultura digital Palestra debateu a tecnologia no campo e as tendências para a chamada agricultura digital
 
Evento Evento "Agricultura da era digital" foi promovido pela Embrapa Agropecuária Oeste, Sindicato Rural de Dourados e SGS Unigeo dentro da programação da 55ª Expoagro
 
Palestra reuniu especialistas e pesquisadores em tecnologia e inteligência artificial Palestra reuniu especialistas e pesquisadores em tecnologia e inteligência artificial

O pesquisador da Embrapa Instrumentação, em São Carlos (SC), Lúcio André de Castro Jorge, disse na manhã desta terça-feira (14) durante palestra na 55ª Expoagro que a falta de conectividade é a principal barreira para a implantação de novas tecnologias no campo. Segundo ele, muitas tecnologias já estão disponíveis para o produtor, mas o avanço digital ainda não acontece por um problema básico: falta sinal de internet no campo. A palestra "Agricultura da era digital" integra a programação técnica da 55ª Expoagro, que segue até domingo (19) no Parque de Exposições João Humberto de Carvalho. A feira é promovida pelo Sindicato Rural de Dourados.

Durante o evento, o pesquisador falou sobre a agricultura 4.0 e o futuro da atividade com o uso de drones e inteligência artificial. Segundo ele, a agricultura passa por um processo de migração para a era digital, mas ainda faltam investimentos das empresas de telefonia para a implantação de conectividade nas propriedades rurais.

O palestrante afirmou que muitas tecnologias já estão disponíveis, como o uso de sensores inteligentes e também as análises de dados a partir da agricultura digital. "Porém, apesar das ferramentas que já existem, o que falta hoje é a conectividade para avançar no uso estes dados de forma a melhorar a produtividade e a eficiência na produção rural como um todo", disse ele. "Quando isto acontecer, aí sim teremos uma verdadeira revolução digital no campo", acrescentou.

Segundo ele, o uso de tecnologias no agronegócio já tem provocado mudanças significativas na atividade, como o uso racional e direcionado de insumos e ferramentas que garantem melhor precisão na tomada de decisões. "O campo hoje já trabalha com excelentes níveis de produtividade, mas sabemos que a tendência é evoluir cada vez mais. Esta evolução já está acontecendo e quem ganha é a cadeia produtiva como um todo", disse o pesquisador.

Promovida pela Embrapa Agropecuária Oeste em parceria com Sindicato Rural de Dourados e SGSUnigeo, a palestra também apresentou relatos sobre o uso de tecnologias no campo e as tendências para a agricultura digital.

Sobre a Expoagro A 55ª Expoagro é realizada pelo Sindicato Rural de Dourados em parceria com Daniel Freitas e João Paulo Paz e é organizada pela Agropec Eventos.

A feira conta com o patrocínio do Sicredi, Banco do Brasil, São Bento Incorporadora, Senar, Unigran, Hotel 10, Ibis Hotel, Governo do Estado, Prefeitura de Dourados, Aced, Senar e Famasul.

A entrada é gratuita todos os dias até as 18h. Nos dias de show, a cobrança será feita a partir deste horário e nos demais, a entrada será franca.

Ingressos e passaportes Os ingressos e passaportes para os shows podem ser adquiridos pelos sites expoagrodourados.com.br e ingressonacional.com.br. Pontos de venda: Banca do Jaime, Like (Shopping Avenida Center) e Boliva Conveniência.

Siga a Expoagro nas redes sociais: Instagram: @expoagrodouradosoficial e facebook.com/expoagrodouradosoficial