Oficinas do Projeto Fazendinha levam capacitação ao produtor durante 55ª Expoagro

 
Dia de campo movimentou estações tecnológicas do Projeto Fazendinha nesta quarta-feira (15) (Fotos: Divulgação) Dia de campo movimentou estações tecnológicas do Projeto Fazendinha nesta quarta-feira (15) (Fotos: Divulgação)
 
As oficinas fazem parte da programação técnica da 55ª Expoagro, que segue até domingo (19) em Dourados As oficinas fazem parte da programação técnica da 55ª Expoagro, que segue até domingo (19) em Dourados
 
Produtores aproveitam a oportunidade para tirar dúvidas e conhecer novas tecnologias em cada área de produção Produtores aproveitam a oportunidade para tirar dúvidas e conhecer novas tecnologias em cada área de produção
 
Oficinas tecnológicas continuam na quinta (16) e sexta-feira (17) Oficinas tecnológicas continuam na quinta (16) e sexta-feira (17)

O Projeto Fazendinha está mais uma vez promovendo oficinas de capacitação como parte da programação da 55ª Expoagro, em Dourados. As oficinas são voltadas a produtores rurais nas áreas de hortifruti, produção de leite e piscicultura, com o objetivo de levar capacitação e buscar o aprimoramento da produção. Os dias de campo começaram nesta quarta-feira (15), mas continuam na quinta-feira (16) e sexta-feira (18). Promovida pelo Sindicato Rural de Dourados, a 55ª Expoagro segue até domingo (19) no Parque de Exposições João Humberto de Carvalho.

Nesta quarta-feira (15), o dia de campo do programa Hortifruti Legal abordou o cultivo protegido de hortaliças em hidroponia; adubação verde e tecnologias de aplicação; produção de hortaliças e frutos com tecnologias de irrigação; cultivo de banana, goiaba, acerola, figo, cajá manga, cambuci e rambutão e ainda a implantação e condução de citros, cacau, cupuaçu e acaí. As mesmas oficinas irão acontecer nesta quinta-feira (16) e sexta-feira (17), a partir das 9h.

Já o programa AteG Mais Leite oferece oficias de capacitação nas seguintes áreas: manejo rotacionado da planta kurumi; produção de silagem a partir de milho, sorgo, rama de mandioca e capiaçu; controle estratégico de ectoparasita, onde serão abordadas técnicas para controle do carrapato nos bovinos e também a irrigação das pastagens. As oficinas também serão realizadas novamente na quinta e sexta-feira. Nos dias 17 e 18 de maio, o produtor também poderá participar dos dias de campo voltados à piscicultura, com oficinas de filetagem de peixe e sobre os cuidados com a água da piscicultura, para evitar problemas como fungos e doenças.

O produtor Lucas Caetano Cavalcante Ribeiro, que trabalha na produção de leite no município de Nova Andradina, participou das oficinas do projeto Fazendinha nesta quarta-feira. Segundo ele, o principal objetivo foi conhecer as novas tecnologias da atividade e receber orientações para melhor administração dos negócios. "Estas orientações são importantes para alcançar uma atividade que gere lucros e não prejuízo. Todo conhecimento é bem-vindo e estou muito feliz por estar aqui", disse ele.

A agricultora Márcia Regina da Silva também participou das oficinas do Fazendinha durante a 55ª Expoagro. Ela e o marido são donos de uma pequena propriedade em Campo Grande, onde trabalham com produção de mandioca, limão, pimenta e banana. "É a segunda vez que eu venho e vale muito a pena. Aqui recebemos orientações importantes para cuidar da produção, além de conhecer tecnologias para melhorar a produtividade", afirmou.

No total, serão três dias dedicados às oficinas de capacitação do projeto Fazendinha. No período da manhã, os produtores participam das oficinas de treinamento nas três áreas oferecidas pelo programa; após o almoço, o produtor pode tirar dúvidas e também fazer um giro tecnológico na feira para conhecer as tecnologias aplicadas no setor.

Projeto Fazendinha

O Projeto Fazendinha foi criado há 18 anos com o objetivo de ocupar o espaço do Sindicato Rural para a oferta de cursos profissionalizantes nas mais diversas áreas do setor agrícola. Hoje, quase duas décadas depois, o trabalho já é uma vitrine nacional, servindo de exemplo para outros municípios. O Projeto Fazendinha é uma parceria entre Sindicato Rural, Famasul e Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural).

"Nós buscamos sempre trazer temas relevantes para o produtor, desde o manejo, sistema de plantio e tudo o que é novidade dentro do setor agrícola. O objetivo é justamente levar esta capacitação, sempre em busca de uma produtividade mais eficiente e com melhores resultados", garante o coordenador técnico do Sindicato Rural, Carlos Flores.

Sobre a Expoagro

A 55ª Expoagro é realizada pelo Sindicato Rural de Dourados em parceria com Daniel Freitas e João Paulo Paz e é organizada pela Agropec Eventos.

A feira conta com o patrocínio do Sicredi, São Bento Incorporadora, Senar, Unigran, Hotel 10, Ibis Hotel, Governo do Estado, Prefeitura de Dourados, Aced, Senar e Famasul.

Ingressos e passaportes

Os ingressos e passaportes para os shows podem ser adquiridos pelos sites expoagrodourados.com.br e ingressonacional.com.br

Siga a Expoagro nas redes sociais: Instagram: @expoagrodouradosoficial e facebook.com/expoagrodouradosoficial