Circuito Aprosoja leva conhecimento a estudantes e produtores de Dourados

Lúcio Damália fala na abertura do Circuito Aprosoja 2017 Lúcio Damália fala na abertura do Circuito Aprosoja 2017

O Sindicato Rural de Dourados sediou na noite desta terça-feira (15) a segunda etapa do Circuito Aprosoja 2017, iniciado no dia 29 de julho em Rio Brilhante e que nesta semana passa ainda por outros três municípios do sul do estado: Laguna Carapã (16), Amambai (17) e Ponta Porã (18). Produtores, técnicos do setor e estudantes acompanharam as duas palestras realizadas no auditório.

O presidente do Sindicato Rural, Lúcio Damália, saudou os presentes e destacou a importância de eventos que tragam conhecimento para melhorar a produção nas lavouras. "O produtor está acostumado com a crise e nunca para de trabalhar, de produzir. A crise existe, mas a chuva chegou e vamos continuar em frente, produzindo alimentos", afirmou ele.

Na abertura, o presidente da Aprosoja/MS, Cristiano Bortolotto, destacou o importante papel do município na produção de grãos e do apoio do Sindicato Rural de Dourados à entidade. Ele falou sobre os dez anos da Aprosoja e apresentou o aplicativo para celulares Android e IOS, lançado para comemorar o aniversário.

Participaram do evento em Dourados o chefe-geral da Embrapa Agropecuária Oeste Guilherme Asmus e o secretário estadual de Produção e Agricultura Familiar, Fernando Lamas.

Após a abertura, os presentes assistiram às palestras de Renato Roscoe, que falou sobre "Gestão da Fertilidade do Solo no Sistema Soja e Milho", e Ricardo Reis, sobre "Gestão de Risco da Atividade Rural".

Segundo Bortolotto, os temas atendem as necessidades de produtores rurais, técnicos, estudantes e profissionais do agronegócio de cada região, promovendo acesso a conhecimento especializado e atualizado.

O Circuito Aprosoja conta com o patrocínio do Governo do Estado, por meio da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e do Fundems (Fundo para o Desenvolvimento das Culturas de Milho e Soja), além de ser uma parceria da Aprosoja/MS com os Sindicatos Rurais, com apoio do Sistema Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de MS) e do Senar/MS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de MS).